ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

setembro 18, 2013

Mercenários confessam limpeza étnica na Síria


Em declaração postada na internet e reproduzida pela Associated Press, a Frente Al Nusra – organização ligada à Al Qaeda que integra os contras que tentam derrubar o presidente Bashar Al Assad -, anunciou ter assassinado pelo menos “30 alauitas”, como eles se referiram aos cidadãos sírios que chacinaram, de três aldeias na província de Homs, Maksar Al Hasan, Jab Al Jarrah e Al Massoudiyh.

A matança em Maksar Al Hasan durou dez horas, o tempo necessário para serem expulsos pelas tropas legalistas. Alauitas, de fé xiita, sunitas, cristãos, curdos e outros grupos étnicos sempre conviveram na Síria sob o governo secular instaurado pela revolução baasista.

O autointitulado “Observatório Sírio dos Direitos Humanos, pró-mercenários, e que opera desde Londres, na Inglaterra, confirmou a morte de 22 aldeãos de Maksar Al Hasan.

HORA DO POVO

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: