ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

agosto 19, 2013

TremsalãoGate: Serra já inaugurou maquete de trenzinho da Alstom ao lado de Arruda


Em 2009, antes do mensalão do DEM, o então governador do Distrito Federal (DF), José Roberto Arruda, visitou a fábrica da Alstom em São Paulo, para assinar contrato de financiamento do BNDES para 12 novos trens do Metrô de Brasília. O contrato era entre Arruda e Alstom, mas José Serra (PSDB-SP) compareceu como convidado da empresa na cerimônia para “inaugurar” a maquete do trenzinho, ao lado de Arruda (foto).

Talvez o motivo do convite especial para a inauguração do trenzinho tenha sido porque em 2008, mesmo sob suspeita de prática de propina no governo paulista do PSDB, a Alstom, fornecedora de equipamentos para o setor de energia e transporte, fechou contratos com o então governador José Serra para modernizar o sistema das linhas do metrô paulistano, no valor de R$ 712 milhões.

Na semana passada o Ministério Público declarou em nota que no último dia 8 notificou os ex-governadores do DF Joaquim Roriz (PSC) e José Roberto Arruda (sem partido) sobre a abertura de investigação para apurar fraude na licitação e no contrato de manutenção do metrô. O Cade (Conselho de Desenvolvimento Econômico) também investiga o acordo fraudulento firmado entre a Siemens e a Alstom para manutenção de trens metrô no DF.

As suspeitas do Cade e do Ministério Público local recaem sobre as concorrências realizadas em 2003 e 2005 e à assinatura do contrato em 2007, período em que o Distrito Federal era comandado por Roriz (então no PMDB) e Arruda (então no DEM). Em São Paulo, as denúncias giram em torno de propina de US$ 6,8 milhões, valores que teriam sido pagos pela Alstom para ganhar um contrato de US$ 45 milhões para a expansão do metrô de São Paulo.

CPI envagetada
Revelações em torno do caso Alstom divulgado nesse final de semana pela Revista Istoé e antecipado neste post aqui do dia 8 exigem investigação rigorosa, que o PSDB bloqueia com arrogância.

Em 2008 um órgão de imprensa insuspeito de petismo, “The Wall Street Journal”, publicou a notícia de que a Alstom gastou US$ 6,8 milhões em propinas para ganhar licitação com o Metrô de São Paulo. Cerca de R$ 13 milhões foram repassados pela Alstom, segundo dados do Ministério Público da Suíça (tampouco um órgão conhecido por ter petistas infiltrados em seus gabinetes), a empresas de fachada, para campanhas políticas do PSDB em São Paulo.

Uma das empresas, segundo as autoridades suíças, pertence a Robson Marinho. Este foi coordenador da campanha eleitoral de Mário Covas e chefe da Casa Civil de 1995 a 1997, em seu primeiro mandato. Marinho é hoje conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.

Marinho admite ter tido suas despesas pagas pela Alstom quando viajou à França para assistir aos jogos da Copa do Mundo de 1998. Foi também, no âmbito do TCE, o único defensor da prorrogação, por dez anos, de um contrato do Metrô com a empresa, previsto para durar três anos apenas.

Eis alguns fatos suficientes para justificar a mais rigorosa investigação. O governador Geraldo Alckmin declarou à imprensa que vai “mandar investigar”. Mas provavelmente deve ter esquecido de avisar seu líder na Assembleia Legislativa, o deputado Barros Munhoz. A sólida base tucana rejeita a criação de uma CPI para o caso. O deputado estadual declarou na semana passada: “Não há nenhuma fundamentação, é contra todas as regras regimentais, constitucionais. Não tem nenhum sentido”, sobre a tentativa da oposição de abrir uma comissão para investigar as denúncias.

Sem dúvida, é o PSDB que está operando com especial eficiência numa Assembleia Legislativa desfibrada por longos anos de governismo.

REDE BRASIL ATUAL

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: