ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

junho 25, 2013

“O erro não é construir estádios com recursos do BNDES, o erro é pagar juros para banqueiros com recursos do tesouro”

Filed under: WordPress — Tags:, , , , — Humberto @ 6:44 pm

Estádios, educação e juros

CARLOS JORGE ROSSETTO*

A oposição ao Governo argumenta que não deveria o Governo investir na construção e reformas de estádios de futebol em preparação para a Copa das Confederações em 2013 e Copa do Mundo em 2014. Argumenta que esse dinheiro deveria ser investido em educação e saúde.

São 12 estádios sendo construídos ou reformados. 1-Manaus, estádio Vivaldão 2. São Paulo, Itaquerão 3. Fortaleza, Castelão 4. Porto Alegre, Pinheirão 5. Brasília, Mané Garrincha 6. Rio de Janeiro, Maracanã 7. Cuiabá, José Fragelli 8. Belo Horizonte, Mineirão 9. Natal, Arena das Dunas 10. Salvador, Fonte Nova 11. Curitiba, Arena da baixada 12. Recife, Cidade da Copa.

A estimativa para construção ou reforma desses 12 estádios de alto padrão é inferior à média de 1,78 bilhões cada um, ou seja investimento total inferior a 21,39 bilhões. O Brasil pagou de juros para os banqueiros apenas no ano de 2012 o total de 213,9 bilhões, ou seja 10 vezes mais. O Brasil não gastou para reformar ou construir 12 estádios espetaculares, que são dignos de orgulho, não gastou 10% do que pagou de juros apenas no ano de 2012 para banqueiros. Além do que o dinheiro gasto com estádios foram em grande parte financiamentos do BNDES para empreiteiras que terão que pagá-los de volta ao BNDES. Para os banqueiros o pagamento é do tesouro a fundo perdido. Este sim deveria ser investido em educação e saúde. É dinheiro que não retorna aos cofres do Estado. É dinheiro que não deixa resíduo material. A construção ou reforma dos estádios empregou de forma direta mais de 50 mil brasileiros, numa época em que o desemprego assolou parte do mundo. E deixa um resíduo expressivo, deixa rastro, deixa benefícios estruturais históricos. O dinheiro pago a banqueiros em forma de juros não deixa nenhum rastro, não dá emprego, ao contrário, desemprega porque retira recursos do tesouro reduzindo a capacidade de investimento e criação de emprego do Estado. A oposição e também a maioria da mídia brasileira silencia, não protesta contra esse desequilíbrio, não protesta contra esse absurdo pagamento de juros para banqueiros. O fato inegável é que procura-se esconder do povo brasileiro o que aconteceu na Islândia com os juros e os banqueiros. O erro não é construir estádios com recursos do BNDES o erro é pagar juros para banqueiros com recursos do tesouro. A oposição quando governou pagou muito mais.

Referência: Maria Lucia Fattorelli, Coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida http://www.dividaauditoriacidada.org.br Outubro -2010. Como a Dívida Pública afeta o Orçamento da União e aprofunda as Desigualdades Sociais no Brasil.

* Engenheiro agrônomo, pesquisador

HORA DO POVO

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: