ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

junho 24, 2013

A voz da Rua, Por Jasson de Oliveira Andrade

Filed under: WordPress — Tags:, , , , — Humberto @ 8:23 pm

ALCKMIN E CABRAL MOVIMENTO DOS ESTUDANTESTivemos no Brasil quatro grandes manifestações. 1- “Marcha da Família, com Deus, pela Liberdade”, em março de 1964, comandada pelo então governador de São Paulo, Ademar de Barros, contra o comunismo, culminando com o Golpe de 64. 2- Entre março de 1983 a abril de 1984, tivemos o movimento pelas Diretas, Já, que reuniu milhões de pessoas. No comício da Praça da Sé (1984), houve reunião de políticos, representando todos os partidos oposicionistas à Ditadura: Ulysses Guimarães, presidente do PMDB, Tancredo Neves, Leonel Brizola, Miguel Arraes, Franco Montoro, Mário Covas, Orestes Quércia, Luiz Inácio Lula da Silva, Eduardo Suplicy, Fernando Henrique Cardoso e outros. O movimento pedia a eleição direta para Presidente, mas a emenda do deputado Dante de Oliveira, foi rejeitada. Mesmo assim, ele foi vitorioso com a eleição indireta de Tancredo Neves (PMDB) e o fim do regime militar em 1985. 3- Em 1992, houve o movimento dos Caras-Pintadas, que pedia Impeachment (Impedimento) do então presidente Fernando Collor, o que ocorreu em 29/9/1992, na Câmara Federal, por 441 votos a 38, e, em 29/12/1992, no Senado, por 73 votos a 3. 4- Em 17/6/2013, tivemos grandes manifestações em São Paulo, que depois se espalhou para outros Estados, em protesto contra o aumento das passagens. Sem uma liderança conhecida. Ele, segundo Luís Nassif, foi “turbinado pelo fenômeno das redes sociais [internet]”. O jornalista concluiu assim sua observação: “E a rapaziada apartidária – mas não apolítica – observando tudo, trocando impressões entre si e gradativamente formando sua opinião. E sua opinião explodiu na forma de condenação geral ao modelo de poder”. Nassif também constatou: “Há um corre-corre febril de interpretação das manifestações, cada qual pretendendo puxar a brasa para a sua sardinha”. Realmente o novo movimento das ruas é contra os governantes que aumentaram as passagens, atingindo TODOS os partidos no Poder. É o que veremos a seguir.

Em São Paulo, o movimento foi contra o governador Alckmin (PSDB), que aumentou as passagens dos trens e metrô, bem como contra Fernando Haddad (PT), que aumentou as passagens dos ônibus. No Rio de Janeiro, o protesto foi contra o Governador Sérgio Cabral (PMDB) e o prefeito Eduardo Paes (PMDB). Em Minas Gerais, ocorreu um fato inusitado, que o Estadão (19/6) noticiou com uma enorme manchete: “Minas pede ajuda da Força Nacional – O apoio da tropa nacional foi solicitado pelo governador Antonio Anastasia (PSDB) durante encontro com a presidente Dilma Rousseff”. Até pouco tempo, era impensável que um governador tucano, justamente de Minas que tem em Aécio Neves (PSDB) o principal candidato contra Dilma, iria pedir socorro à Presidenta! Outros Estados, governados por políticos de diferentes partidos, também foram atingidos pelos protestos. O movimento foi vitorioso. O tucano Alckmin e o petista Haddad, juntos, em entrevista, anunciaram o fim dos aumentos que concederam. Um fato também inédito. Os outros governantes tomaram a mesma decisão. Qual vai ser o reflexo desse movimento contra TODOS no futuro político do Brasil, principalmente em 2014? Ninguém sabe!

A Voz da Rua, vitoriosa, fez-me lembrar uma frase cantada nas Diretas, Já: “O povo unido, jamais será vencido”.

JASSON DE OLIVEIRA ANDRADE é jornalista em Mogi Guaçu
Junho de 2013

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: