ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

maio 10, 2013

“Idéias privatizantes da década de 90 resultaram, entre outras coisas, na depreciação de professores da rede pública”, diz especialista da PUC. “Violência contra professores é culpa do Estado”, arremata.


Estado é culpado pela violência, diz especialista

Para Madalena Guasco Peixoto, professora titular do Departamento de Fundamentos da Educação da PUC-SP, a culpa pela violência nas escolas estaduais é do tratamento que o estado vem dando ao ensino público há mais de 20 anos. “Há o desprestígio da profissão de professor e da escola pública, resultado de políticas públicas irresponsáveis”, disse Madalena. Para a professora, a falta de investimento na área foi o principal fator de desvalorização. “O que era público, na década de 1990, era considerado ruim, era tido como gasto e não investimento. Havia a ideia de que o que era público deveria ser privatizado, porque seria mais competente”, afirmou Madalena.

Porém, segundo a professora, além do desmantelamento do sistema escolar, outros fatores também têm de ser levados em conta na análise do problema.“A violência na escola é multifacetada e não se dá apenas pela relação aluno/professor. Somado à desvalorização da escola, há o aumento generalizado da violência na sociedade, que, por sua vez, também é responsabilidade do estado por causa do aumento da miséria naquele período”, diz. ( “Professor convive com sequela de agressão“, DIÁRIO DE SÃO PAULO, 10.05.2013 )

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: