ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

maio 8, 2013

ONU anuncia provas concretas de que os ditos “rebeldes” é que usaram o gás sarin na Síria


Uma equipe de investigadores da ONU assinalou no domingo que os grupos terroristas armados na Síria ( que chama de “rebeldes” ) utilizaram gás sarin em armas usadas em ações no país.

A denominada Comissão Independente de Investigação sobre a Síria (da ONU) declarou que existem provas baseadas em testemunhos das vítimas e do pessoal médico na Síria que revelam que os grupos armados usaram gás sarin, considerado uma arma de destruição em massa, pela Resolução 687 da ONU. Os prováveis fornecedores do gás são a Turquia (que dá território para servir de base aos agresssores) ou Israel (com amplo conhecimento de armas químicas usadas contra a população palestina nos territórios ocupados).

A insuspeita Carla Del Ponte, que se notabilizou ao respaldar o ‘tribunal’ que condenou patriotas iugoslavos que defenderam o país contra a intervenção dos EUA, não se conteve e deu declarações à imprensa sobre as conclusões da equipe. Ela afirmou que sua equipe não encontrou “provas concretas” que demonstrassem o uso de armas químicas pelo governo da Síria, como acusam os chefes dos bandos armados que querem depor o presidente Bashar Al Assad.

Segundo Del Ponte, o informe, depois de entrevistarem vítimas e médicos, indicam fortes e concretas suspeitas sobre o uso de gás sarin pelos mercenários a serviço da CIA.

A importância da revelação é que os EUA querem acusar o uso deste tipo de arma pelo governo sírio como pretexto para uma invasão ( uma vez que seus prepostos estão sendo acossados pelo exército sírio, ver aqui ). Em tudo similar ao texto usado para ‘justificar’ a invasão do Iraque. Obama já ensaiava, dizendo que o uso de armas químicas pelas forças de segurança da Síria seria “como cruzar a linha vermelha”.

Com seu pretexto ameaçado, os EUA saíram em defesa de seu novo álibi: “Nós achamos que é muito provável que, se as armas químicas foram usadas na Síria, e há provas de que elas foram aplicadas, o regime de Assad é o responsável”, a declaração é de Jim Carney, porta-voz da Casa Branca.

O sarin é um gás neurotóxico de grande poder, considerado uma arma de destruição em massa desde 1991 pela ONU. Em contato com a pele e mucosas ou entrando no corpo pelo sistema respiratório, penetra na corrente sanguínea e provoca desmaios, convulsões e o bloqueio da transmissão de impulsos nervosos, podendo levar à morte por parada cardiorrespiratória.

Em 17 de dezembro passado, o embaixador sírio na ONU, Bashar Jafari, denunciara o uso de armas químicas pelos terroristas sírios e a intenção destes de vincular esse crime ao governo, e exigiu que as autoridades internacionais não os acobertassem.

Fruto das pressões recebidas, del Ponte recuou e ressaltou que “as investigações ainda não estão concluídas”, e que muitos aspectos ainda vão ser investigados e que qualquer conclusão feita nesse momento pode ser prematura. “As nossas investigações deverão ainda ser aprofundadas, verificadas e confirmadas com novos depoimentos, mas segundo o que já pudemos apurar, até agora são os opositores ao regime que usaram o gás sarin”, destacou.

Já o chefe da equipe, o vassalo Sergio Pinheiro (o mesmo que forjara um relatório, logo no início da ação das gangues da CIA, baseado em depoimentos dos próprios mercenários para dizer que o governo estava atacando o povo) foi em socorro de Obama e desmentiu Carla del Ponte, declarando que “a Comissão deseja esclarecer que não chegou a descobertas conclusivas sobre o uso de armas químicas por qualquer lado do conflito”.

Pinheiro aproveitou para manter a pressão desejada por Obama e, espargindo justiça e humanidade, declarou: “lembra a todos os envolvidos no conflito que o uso de armas químicas é proibido em todas as circunstâncias sob a lei humanitária”. ( HORA DO POVO )

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: