ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

março 8, 2013

Mercenários dos EUA na Síria sequestram 20 soldados da ONU

Filed under: WordPress — Tags:, , , , , , — Humberto @ 2:48 pm

Um grupo de terroristas que integra o bando de agressores armados, financiados e treinados pela CIA com o objetivo de derrubar o presidente sírio, Bashar Al Assad, sequestrou 20 observadores da ONU nos Altos do Golã, na fronteira da Síria com Israel, na quarta, dia 6, informou uma fonte oficial da organização internacional.

O porta-voz adjunto da ONU, Eduardo del Buey, indicou a jornalistas que a missão do organismo “informou na quarta-feira que aproximadamente 30 bandidos detiveram e capturaram 20 capacetes azuis”.

Diante disso, Buey afirmou que o Conselho de Segurança da ONU “condenou firmemente” a captura, acusando os criminosos e exigiu sua libertação “imediata e sem condições”.

‘’Os observadores da ONU estavam desenvolvendo uma missão de apoio normal e foram detidos perto do posto de observação 58″, que sofreu danos no final de semana por intensos combates, detalhou Del Buey ao informar sobre a captura.

Os terroristas afirmaram que manterão os reféns sequestrados até que as forças do presidente Bashar al-Assad abandonem uma aldeia próxima a Yumla onde houve intensos enfrentamentos três dias atrás, provocados pela tentativa de ocupação dos grupos de fora da lei.

A prisão dos observadores foi anunciada em um vídeo dos mercenários publicado na internet e, na quarta-feira, as capturas foram confirmadas pela ONU.

Enquanto isso, o governo de Israel, reconhecendo seu envolvimento com os terroristas, disse que não permanecerá “de braços cruzados “vendo que o conflito sírio se propaga pela região da Golã”.

O atual presidente do Conselho de Segurança da ONU, representante da Rússia, Vitaly Churkin, falou em nome dos integrantes do CS da ONU para denunciar a ação dos terroristas e exigir a soltura imediata dos soldados a serviço da ONU. Estes soldados fazem parte de acordos anteriores entre a Síria e Israel (após a Guerra do Yom Kipur – de 1973) criando uma zona desmilitarizada na região do Golã; uma nesga de terra que passou a ser ocupada pela ONU na fronteira dos dois países.

Vitaly Churkin dirigiu-se aos EUA e países que seguem a política de agressão à Síria para dizer que “os lados que apóiam a atividades destes bandos estão jogando um jogo muito perigoso”.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, também denunciou a detenção dos soldados da entidade e exigiu sua soltura imediata. Uma equipe da ONU já está na região para avaliar a situação e buscar uma saída.
( HP )

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: