ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

janeiro 7, 2013

Bashar Al-Assad: “Solução política depende do fim da conspiração internacional que financia os terroristas”

Filed under: WordPress — Tags:, , , , , , , , — Humberto @ 4:22 pm

O Presidente sírio, Bashar al-Assad, apresentou hoje um plano para acabar com o conflito no país, no qual admite realizar reformas políticas, mas condiciona-o ao fim da “conspiração internacional” que financia os “terroristas”.
Um futuro “acordo político” para acabar com a sangrenta guerra civil que dura há quase dois anos está previamente condicionado ao fim da “conspiração internacional” orquestrada por países ocidentais e árabes que têm financiado os “terroristas”, nomeadamente com armas, afirmou Bashar al-Assad, no primeiro discurso público à nação em meio ano.
Na Casa da Cultura e das Artes, em Damasco, repleta de apoiantes que se levantaram frequentemente, batendo palmas e de punhos erguidos, Bashar al-Assad, que governa desde 2000, adiantou que, cessadas aquelas atividades “terroristas”, está pronto para ordenar o fim das operações militares do exército sírio e iniciar um “diálogo nacional” que conduza a uma nova Constituição e a eleições para um novo governo.
Mas, sublinhou, que enquanto do outro lado estiverem “terroristas” que respondem a “interesses estrangeiros” só resta uma resposta: a militar.
Aliás, o regime ainda não encontrou “parceiros” a nível interno para dar início a uma solução política e pôr fim à guerra civil que dura desde março de 2011 e já causou mais de 60 mil mortos, segundo as Nações Unidas.
Ao contrário, as forças da oposição são “fantoches do Ocidente” e “terroristas estrangeiros”, sendo “certo” que partilham da “ideologia da Al-Qaida”, a rede terrorista criada por Osama Bin Laden e responsável por atentados terroristas em todo o mundo e contínua instabilidade no Médio Oriente.
“Dialogaremos com quem tenha princípios de patriotismo e não queira vender o país aos inimigos”, sublinhou Bashar al-Assad. Mas, para já, o que existe é um conflito entre “a pátria e os seus inimigos, o povo e os seus assassinos”, contrapôs.
“Os países da região e do mundo têm de deixar de financiar os rebeldes armados, para permitir que os deslocados possam regressar a casa. Logo em seguida, as nossas operações militares pararão”, garantiu, vincando as exceções de Rússia, China e Irão, a quem agradeceu por não interferirem no conflito interno e “lutarem contra a ingerência” dos países ocidentais e árabes que participam numa “conspiração internacional” contra o seu regime.
Garantindo que não esperará que outros resolvam um conflito que é interno, Bashar al-Assad frisou que qualquer transição deve ser feita “nos termos da Constituição” e apelou à reconciliação nacional. “A nação está a ser atacada e todos devem defendê-la”, instou, qualificando o que se passa no país como uma crise “sem precedentes”.
Mas, antecipou, “a Síria é mais forte do que os seus inimigos e vai dar-lhes uma lição”.
Sempre recusando admitir que existe uma revolta popular contra o regime, há quatro décadas dirigido pela sua família, o Presidente sírio preferiu falar dos “inimigos externos” da Síria, que têm uma “agenda para a divisão” do país, e responsabilizou as forças “criminosas” pelo sofrimento do povo sírio, que lamentou.
“Estamos em guerra”, destacou, frisando que “defender o país é uma opção legítima e legal”.
A última vez que Bashar al-Assad falou em público na Síria foi a 3 de Junho, perante o Parlamento, em Damasco. Em novembro, concedeu uma entrevista à televisão russa, em que afastou a hipótese de se exilar e garantiu que viverá e morrerá na Síria.
DIARIO DE NOTICIAS

LEITURA COMPLEMENTAR: POSTS SOBRE A SÍRIA NO “ENCALHE”

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: