ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

dezembro 31, 2012

A Economia e as eleições de 2014, Por Jasson de Oliveira Andrade


DILMA_E_O_PIB_-_SÓ_ISSO_MANTEGA

A economia é essencial para eleger ou derrotar um governante. Se ela for bem, o administrador tem a eleição ou reeleição garantida. Vamos dar alguns exemplos. Fernando Henrique se reelegeu graças à economia. No final do seu segundo governo, a situação econômica do país, com mais de 10 milhões de desempregados, se deteriorou e FHC não elegeu seu sucessor (Serra). Ultimamente a economia dos Estados Unidos está em decadência, com muitos desempregados. Por este motivo, Obama quase não se reelegeu em novembro!
No Brasil atual, a mídia já critica a nossa economia. O PIB brasileiro atingiu apenas 1%, longe da previsão do ministro Mantega (4%). A Folha comentou, em 30/12: “Economia fica mais sólida, mas vive hoje pior momento”. O Estadão, na mesma data, em Editorial (Notas & Informações), comentou: “Dois anos de fiasco econômico”. Já André Singer, no artigo “Momento de decisão” (Folha, 29/12/2012), analisa a importância da economia neste ano: “Os industriais que produzem no Brasil terão papel chave em 2013. Como deles depende a dinamização da economia, se atenderem ao desejo nem tão secreto da oposição, mantendo as carteiras fechadas, poderão criar problemas para o lulismo. Não por acaso, um cérebro tucano escreveu há poucos dias: “Quem sabe se, com os “pibinhos” se repetindo e a inflação continuando, o país não resolve mudar de rumos nas eleições de 2014?”. À respeito dessa “previsão” tucana, Singer diz: “Mas se os empresários optarem por acolher o pedido natalino da presidente – “acreditem e invistam no nosso país’ – pode-se abrir um ciclo parecido com o de 2004-2008, o que, evidentemente, favorecerá o candidato governista, quem quer que seja”.
Apesar do pessimismo (ou seria um desejo?) do Estadão, o economista Alberto Tamer, em artigo publicado neste jornal em 27/12, está otimista: “A redução do desemprego de 5,3% em outubro para 4.9% em novembro é um fato de extrema importância porque afasta o efeito mais danoso e grave da desaceleração de qualquer economia: a destruição de emprego que leva ao empobrecimento e é sempre de difícil e lenta reversão. O Brasil está livre dele, no momento, ao contrário do que acontece lá fora, onde o desemprego médio nas principais economias é de 7%, com pique de 11,7% na zona do euro, à beira da recessão, e 7,7% nos Estados Unidos”.
A presidenta Dilma escreveu um artigo na Folha, publicado em 30/12, sobre os dez anos de governo do PT, sob o título “Dez anos de avanço”. No texto, ela conclui: “Tenho certeza que estamos no rumo certo”. Quem concorda com essa conclusão, é o economista tucano (ele foi ministro de Fernando Henrique Cardoso), Luiz Carlos Bresser-Pereira, em artigo publicado na Folha em 17/12. O economista tucano afirma: “O baixo crescimento do PIB brasileiro no terceiro trimestre deixou os economistas convencionais alvoroçados. Afinal, tinham como criticar o governo desenvolvimentista da presidente Dilma Roussef”, concluindo: “Deixemos, portanto, de lado as ideologias e tratemos de pensar. O governo está fazendo isto: uma política monetária competente, que já logrou baixar os juros, depreciar parcialmente o câmbio e, através do PAC, busca planejar e aumentar os investimentos nos setores não competitivos. (…) Está no caminho certo”.
Quem está com a razão? A pessimista mídia e oposicionistas ou esses dois insuspeitos economistas, um no Estadão e outro na Folha? No final de 2013, teremos essa resposta, que terá reflexos nas eleições de 2014. Como costumo dizer: A CONFERIR.
JASSON DE OLIVEIRA ANDRADE é jornalista em Mogi Guaçu
Janeiro de 2013

Anúncios

1 Comentário »

  1. […] Originally posted here: A Economia e as eleições de 2014, Por Jasson de Oliveira Andrade … […]

    Pingback por A Economia e as eleições de 2014, Por Jasson de Oliveira Andrade … | Info Brasil — janeiro 1, 2013 @ 7:22 am


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: