ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

novembro 8, 2012

Advogado de Valério denuncia conexão entre Gurgel e “Veja”

Filed under: WordPress — Tags:, , — Humberto @ 7:46 pm

O advogado Marcelo Leonardo negou veementemente que ele ou seu cliente tenham feito qualquer revelação para “veículos de comunicação”. Somente ele, seu cliente Marcos Valério e o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, sabiam do conteúdo do depoimento. Ele denuncia que a revista Veja se utilizou de um “vazamento seletivo, parcial e ilícito”.
Advogado de Valério diz que Veja fez “vazamento ilícito”
Somente ele, Valério e o procurador-geral da República sabiam do conteúdo do depoimento na Procuradoria
O advogado de Marcos Valério, dr. Marcelo Leonardo, fez uma importante revelação na terça-feira (6) ao ser provocado pelo jornalista Luis Nassif sobre a divulgação, por setores da imprensa, de supostas ameaças e de um suposto pedido de proteção por parte de seu cliente à Justiça. O advogado enfatizou que manteve total sigilo e que a revista Veja e o jornal Estado de S. Paulo se utilizaram de um “vazamento seletivo, parcial e ilícito”. Somente ele, seu cliente [Marcos Valério] e o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, sabiam do conteúdo do depoimento. O advogado nega veementemente que ele ou seu cliente tenham feito qualquer revelação para “veículos de comunicação”.
“Sobre matérias veiculadas pela revista Veja e pelo jornal Estadão, contendo referências a suposto pedido de delação premiada, suposto pedido de proteção pessoal e suposto depoimento de Marcos Valério em setembro do corrente ano, não tenho nada a declarar, uma vez que tenho por hábito cumprir meus deveres ético-profissionais”, disse Marcelo Leonardo. “Se alguém ‘vazou’ de forma seletiva, parcial e ilicitamente alguma providência jurídico-processual que está sujeita a sigilo, eu não tenho absolutamente nada a dizer, a confirmar ou não confirmar. Obviamente, não tornei público nada sobre este tema sobre o qual não falei a nenhum veículo de comunicação”, completou.
A declaração do advogado, reforçando uma possível ligação ilícita entre o procurador-geral da República e a revista Veja foi feita ao responder ao seguinte questionamento de Nassif: “Agora, analise a seguinte hipótese: uma peça relevante na montagem do esquema Valério em Minas, alguém que se sinta ameaçado por futuras delações de Valério sobre o mensalão mineiro, que já tenha sido indiciado ou que ainda não tenha aparecido nas investigações. Tem-se uma ameaça potencial. Marcos Valério, que já se diz ameaçado, lança as suspeitas de ameaça sobre o lado petista [ao falar sobre o caso Celso Daniel]. Qualquer atentado que sofra será debitado automaticamente ao lado petista. Não é prato cheio?”, indagou.
Nassif prosseguiu: “É apenas uma hipótese que estou formulando, mas perfeitamente factível. Ao tornar público o pedido de proteção a Valério, insinuando que sua vida está em risco, e ao direcionar as suspeitas para o caso Celso Daniel, Marcelo Leonardo expõe seu cliente a possíveis atentados”. “Aguardo uma explicação de Marcelo Leonardo, pelo respeito que dedico, até agora, à sua competência de advogado”, concluiu Nassif.
Foi nesse contexto que o advogado Marcelo Leonardo fez questão de deixar claro ao jornalista que não foi ele quem tornou público o conteúdo da petição e do depoimento feitos por seu cliente à Procuradoria-Geral da República. Leonardo parece concordar plenamente com a opinião de Nassif de que, nestas circunstâncias, seu cliente estaria vulnerável a possíveis atentados que poderiam ser feitos por qualquer um dos já envolvidos ou não no valerioduto tucano. Isso ocorreria com boa chance da opinião pública e da Justiça acharem que esses atentados, como diz Nassif, “viriam do lado petista”.
A maneira contundente com que o advogado desmente o vazamento aponta para uma ligações entre no mínimo estranhas entre Roberto Gurgel e a revista Veja. Os “detalhes” revelados pela revista da marginal sobre o encontro só podem ter sido passados por quem estava participando do depoimento. Segundo consta, só estavam presentes três pessoas no encontro. Uma era Marcos Valério, o outro era o advogado, Marcelo Leonardo, e o terceiro era o procurador-geral, Roberto Gurgel.
Nassif lembrou que já houve mortes que podem ter ligações com o valerioduto tucano. “Em Belo Horizonte, há mortes que se tentam relacionar com o ‘mensalão mineiro’”, alerta o jornalista. “Há uma modelo que foi assassinada e um advogado que diz ter sido vítima de atentado”, prosseguiu Nassif. “Pode ser verdade, pode ser algo tão fantasioso quanto as versões criadas em torno da morte de Celso Daniel. De qualquer modo, durante algum tempo, Marcos Valério mostrou uma preocupação genuína ao enfatizar que jamais delataria alguém. Para quem ele falava? Para os réus do mensalão petista ou do mensalão mineiro?”, indagou.
Roberto Gurgel já teve um comportamento, no mínimo, estranho quando engavetou por mais de um ano investigações da Polícia Federal que apontaram o envolvimento do senador cassado Demóstenes Torres com o bicheiro Carlinhos Cachoeira. Gurgel só apresentou denúncia contra ele quando gravações feitas pela PF, com autorização judicial, vieram a público e ele não pôde mais abafar. Demóstenes sempre foi muito bem tratado por Veja, a exemplo de uma matéria que o considerava como um dos “mosqueteiros da ética”. O diretor da sucursal de Brasília da Veja, Policarpo Jr, foi flagrado em intensas conversações com o grupo criminoso de Carlinhos Cachoeira. Cerca de 200 ligações telefônicas entre Policarpo e Cachoeira e seu grupo foram detectadas pela PF. ( HORA DO POVO )

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: