ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

janeiro 9, 2012

A Privataria Tucana, o livro que causou uma CPI, Por Jasson de Oliveira Andrade


O livro A Privataria Tucana, diferente do que muita gente pensa, não é um livro ideológico contra a privatização da época do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que é pouco citado na obra. É um livro-denúncia sobre a lavagem de dinheiro no Exterior, trazendo-o “limpo” ao Brasil. Esse tipo de transação é muito usado por doleiros. Maluf, Georgina do INPS e o juiz “Lalau” usaram desses métodos e se deram mal. Os tucanos aperfeiçoaram a “lavagem”. A Privataria Tucana conta como isto ocorreu. O Editor do livro, à página 10, revela: “Essa narrativa não é apenas um amontoado de denúncias baseadas em “fontes”, suspeitas e intrigas de oposicionistas, como se tornou comum em certa imprensa de nosso país. De forma alguma. Todos os fatos aqui narrados estão calcados em documentos oficiais, obtidos em juntas comerciais, cartórios, no Ministério Público e na Justiça”. É, ao contrário do que dizem os tucanos, um livro consistente. Daí a sua enorme repercussão. Como realmente começou a A Privataria Tucana? É o que veremos a seguir.
Tudo começou com Ricardo Sérgio. Quem é esse personagem do livro? O jornalista Amaury revela que ele foi tesoureiro das campanhas de Serra e de FHC. Indicado por Serra, ele dirigiu a área internacional do Banco do Brasil. Daí para frente ele manobrou o dinheiro da privataria. Como se descobriu a tramóia? O jornalista escreveu uma reportagem com acusações ao Ricardo Sérgio, publicada na revista IstoÉ. Ele, então, processou o jornalista e a revista. Foi o pior negócio. Ambos pediram a “exceção da verdade”, que foi concedida pela Justiça. Por essa medida judicial, os processados podem abrir ações que se encontram em sigilo. Foi o que ocorreu. Com a “exceção da verdade”, Amaury teve acesso aos documentos secretos da CPI do Banestado. Só agora revelados, em parte, no livro. Revelações estarrecedoras, consistentes. Aí se descobriu a “pirataria tucana”. Alguns capítulos do livro: 2. BRIGA DE FOICE NO PSDB; 5.APARECE O DINHEIRO DA PROPINA; 6. MISTER BIG [APELIDO DE RICARDO SÉRGIO], O PAI DO ESQUEMA; 8. O PRIMO MAIS ESPERTO DE JOSÉ SERRA; 10. OS SÓCIOS OCULTOS DO SERRA; 12. OS TUCANOS E SUAS EMPRESAS-CAMALEÃO; 13. O INDICIAMENTO DE VERÔNICA SERRA (NA PÁGINA 286, CÓPIA DO DOCUMENTO SOBRE O INDICIAMENTO). 16. COMO O PT SABOTOU O PT. No final de alguns capítulos, constam várias cópias de documentos oficiais, comprovando as denúncias. Por esses capítulos se têm uma idéia do livro.
O curioso é que não é o Serra e seus familiares quem vão processar o autor e editor do livro. E sim o PSDB, que, em tese, não foi acusado. Existe mesmo a suspeita que o tucano Aécio está por trás do livro. É o que pensa Serra. Para ele, A Privataria Tucana tinha o dedo do PT, mas também do fogo amigo. Por que, então, essa manobra? Tudo indica, esta atitude se deve à “exceção da verdade”. Caso fossem Serra e familiares haveria essa medida jurídica. Neste caso, outros processos e documentos seriam abertos e muita coisa, como ocorreu com a CPI do Banespado, viriam à público. Aí seria muito pior para eles!
Em vista dessas graves denúncias do livro A Privataria Tucana, o deputado federal Protógenes Queiroz (PC do B-SP) conseguiu o número necessário para formar a CPI da Privatização. Obteve 185 assinaturas, inclusive de 4 deputados tucanos. Será que agora essa CPI vai prosseguir com aquela outra, do Banestado? Ou como a anterior, não vai dar em nada? Como costumo dizer: A CONFERIR.
JASSON DE OLIVEIRA ANDRADE é jornalista em Mogi Guaçu
Janeiro de 2012

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: