ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

setembro 17, 2011

Bush usou o 11/09 como pretexto para atacar direitos constitucionais nos EUA

Filed under: WordPress — Tags:, , , , , , , — Humberto @ 5:34 pm

Os direitos do indivíduo e as liberdades democráticas que ( em um país onde a economia é dominada por monopólios ) já não eram grande coisa, foram pisoteados e a Constituição do país reduzida a farrapos pelo então presidente Bush que fez uso do 11 de setembro para, além de atacar os demais países, tentar silenciar as vozes discordantes e as organizações opositoras à cruzada terrorista contra um país soberano. A seguir publicamos trechos de um artigo que trata da questão, escrito por Vince Warren, Diretor Executivo do Centro de Direitos Constitucionais, intitulado “11 de Setembro e a Década de Declínio da Democracia dos EUA”. ( HORA DO POVO )
“George W. Bush, retalhou a Constituição dos EUA, pisou em cima da Lei dos Direitos Civis (Bill of Rights), descartou as Convenções de Genebra e fez pouco caso dos Estatutos sobre Tortura do país, da Convenção da ONU sobre torturas e punições.
“Estes dez anos foi o mais constante período de decadência constitucional em nossa história. Além disso, ainda que George W. Bush tenha entrado na primeira década do Século 21 desmontando os direitos fundamentais e segurança do povo norte-americano, Barack Obama terminou a década deixando de repor plenamente estes direitos. Seja através de sua própria indecisão, seja pela feroz oposição no Congresso, ele tem sido incapaz de fechar a prisão infame de Guantânamo, como prometeu, e muito menos pensar em fazer qualquer um no governo Bush responsável por seus crimes.
“Esta década de decadência constitucional não aconteceu da noite para o dia, ainda que muito dela tenha sido escondido. Fomos levados a um nevoeiro de segredo, subterfúgio e, em alguns casos, mentiras abertas.
“Nossos princípios constitucionais e democráticos entraram em colapso de forma a tirar o fôlego. Uma eliminação da nossa capacidade de definir o país no qual queremos viver e o qual queremos formar em torno de valores que são cruciais para nossa sobrevivência como uma sociedade dirigida pelo povo e que a ele presta contas.
“O Departamento de Justiça, durante o governo Bush, declarou que a lei simplesmente não se aplica ao presidente. Assim sendo os advogados que o cercavam e ao vice Dick Cheney os aconselharam a ignorar o fato de que o Congresso passara uma lei declarando a tortura ilegal ou a gravação de conversas telefônicas sem mandado judicial.
“O governo Bush criou o paradigma da “Guerra ao terror” não para proteger os EUA de ataques futuros, ainda que este tenha sido o motivo alegado, mas para colocar em vigor uma expansão radical de poder à disposição do presidente acima da lei doméstica ou internacional.
“Sob o Artigo 1 da Constituição, Seção 8, somente o Congresso pode declarar guerra, não o presidente. Isso de fato aconteceu, pela última vez, em 8 de dezembro de 1941 depois que o Japão atacou Pearl Harbor [governo de Franklin Roosevelt]. Portanto todas as guerras subseqüentes dos EUA foram ilegais, incluindo as de Obama contra o Iraque, Afeganistão, Paquistão, Líbia e outros.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: