ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

setembro 1, 2011

“Imagem de rebeldes” da Otan em Trípoli foi produzida no Catar duas semanas antes ( Hora do Povo )

Filed under: WordPress — Tags:, , — Humberto @ 5:14 pm

Os mercenários do Conselho Nacional de Transição (CNT) que atuam para derrubar o governo líbio admitiram ter falsificado imagens da detenção do filho do presidente Muamar Kadafi, Seif el Islam, bem como da tomada da capital, Trípoli, para facilitar o “reconhecimento” dos agentes do imperialismo como “representantes legítimos da Líbia”.
Conforme admitiu Mahmoud Jibril, do CNT, a armação teve o papel chave de acelerar a capitulação diplomática, pois desde a veiculação da dita “informação”, 11 países reconheceram o Conselho de entreguistas.
“Eles precisavam mostrar as massas de ‘rebeldes’. Para isso construíram cenários em Catar duas semanas antes. Tínhamos esta informação, sabíamos que haviam construído ali cenários da Praça Verde de Trípoli. Contrataram atores profissionais. Omar Jali interpretou incrivelmente bem o papel do filho de Kadafi, Seif el Islam. Todo o mundo viu como detinham o filho do coronel”, conta Marat Musin, membro do Comitê de Solidariedade com os povos da Síria e da Líbia.
Diferente da versão, o fato foi que na noite seguinte o próprio Seif apareceu são e salvo diante dos jornalistas estrangeiros para desmentir a “informação” que as agências internacionais vinham bombardeando a seu respeito. “A Otan e o Ocidente possuem altas tecnologias. Interromperam nossa comunicação, mandaram mensagens ao povo líbio mediante as redes líbias, cortaram a emissão de nossos programas, empreenderam uma guerra eletrônica para gerar caos e medo no país”, declarou Seif.
Conforme o professor Iván Zasurski, da Universidade Estatal de Moscou, “como neste tempo não custa nada para alguns falsificar a informação, cada um tem que pensar com sua própria cabeça e aprender a discernir”. Hoje em dia, alertou, “é impossível crer no que se vê, pois a internet se converteu numa parte importante dos conflitos bélicos”. “A guerra informativa acompanha a guerra real”, frisou.
( Hora do Povo, 31/08/11 )

LEIA TAMBÉM:

“Vocês têm casa, saúde, escola gratuitos. Não permitam que os assaltantes tirem isso de vocês”
“Não nos submeteremos, nosso legado há de servir também a outras nações. Não estou morto, porque muitos me querem vivo”
“É tudo pelo petróleo. Eles não querem saber de democracia”
“Não se seduzam pelos dólares de sangue e levem a guerra a cada rincão da opulência”
AQUI

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: