ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

abril 27, 2011

Ex-diretor da CIA entre 2006 e 2009 diz que Kadhafi era “bom parceiro”

Filed under: WordPress — Tags:, , — Humberto @ 5:56 pm

Queda de Kadhafi dificultará combate anti-terrorista
A queda de Muammar Kadhafi pode complicar a luta anti-terrorista para os Estados Unidos (EUA) no curto prazo, considerou terça-feira o antigo diretor da CIA Michael Hayden, para quem o dirigente líbio era um bom parceiro.
Diretor da agência norte-americana de informações entre 2006 e 2009, este antigo general afirmou, durante uma conferência, que a CIA mantinha boas relações de trabalho com Kadhafi e o seu ministro dos Negócios Estrangeiros, Mussa Kussa, que desertou no início de abril.
“Independentemente do que pensem sobre Kadhafi e Mussa Kussa, eles eram bons e eram bons parceiros na luta anti-terrorista”, afirmou Michael Hayden, citado pela AFP.
Pária da comunidade internacional por ter ordenado o atentado de Lockerbie em 1988, o dirigente líbio regressou em graça ao convívio com os ocidentais em 2003 e foi do seu interesse combater a Al-Qaida.
Hayden disse ainda que o presidente sírio, Bachar el-Assad, também é “muito bom” na luta contra os militantes extremistas sunitas, mas apoia os radicais chiitas.
A Síria, próxima do Irão, enfrenta manifestações que o regime está a reprimir de forma sangrenta.
Os acontecimentos na Líbia e na Síria “vão tornar o combate [anti-terrorista] mais difícil no futuro imediato”, prognosticou, mesmo que a vaga de protestos no mundo árabe se revele positiva para os EUA no longo prazo, ao tornar mais difícil a divulgação das ideias da Al-Qaida, disse.
( DESTAK.PT )

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: