ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

fevereiro 16, 2011

Dilma “contra” Lula, Por Jasson de Oliveira Andrade


O inicio do governo Dilma já está causando polêmica. Alguns, sinceramente, estão elogiando a sua maneira de administrar. Outros também a elogiam, mas para atacar Lula. Vamos ver essas duas visões.
Na primeira visão, temos o jornalista Janio de Freitas. Quando da catástrofe do Rio, o jornalista escreveu um artigo na Folha (16/1/2011), no qual elogia, com sinceridade, a atuação da presidenta: “Nenhuma demagogia, muita objetividade, decisões adequadas, uma entrevista sucinta e suficiente: a estréia de Dilma Rousseff, em sua ida a áreas da catástrofe no Rio de Janeiro, foi muito promissora. Trouxe o que se pode desejar de uma Presidência em tais circunstâncias. (…) A primeira reunião ministerial, ao que dali passou para cá, seguiu os modos da viagem ao Rio. Os primeiros sinais são de algo novo”.
Cada presidente tem seu modo de governar. Lula tinha um, Dilma tem outro. Paulo Henrique Amorim, no seu Blog, assim descreve essa diferença de agir: “Lula se expunha. Falava. Viajava. Dava entrevista, na saída e no meio da viagem. A Dilma trabalha até as dez da noite. Calada, mineira. Ela quase não fala em público”. A revista CartaCapital, em sua capa da edição de 9 de fevereiro de 2011, revela: ”A MARCA DE DILMA. A presidenta já mostra um estilo próprio de governar”.
O estilo próprio de governar da presidenta Dilma está sendo interpretado com malicia, para dizer o menos, pela mídia, a maioria tucana. A imprensa distorce. Isto foi percebido pelo jornalista Fernando de Barros e Silva, no artigo “Dilma “contra” Lula” (Folha, 4/2/2011), do qual tirei meu título. O jornalista constata: “Elogia-se em Dilma sobretudo o estilo. A discrição, a sobriedade, o formalismo dos gestos. É menos o governo que mal começou do que sua maneira de se comportar que tem arrancado entusiasmados aplausos dos analistas políticos. Com mais ou menos consciência, elogia-se Dilma para criticar Lula – ou melhor, pretende-se atacar Lula elogiando Dilma, numa espécie de revanche póstuma e de efeito simbólico contra o boquirroto. (…) A agenda de boa parte da mídia tem sido intrigar Dilma e Lula, como se este fosse um governo da oposição, e não de continuidade”. Lula respondeu a essa provocação. Ele afirmou: “O sucesso do governo Dilma é o meu sucesso. O fracasso de Dilma é o meu fracasso”, rematando: “Se a grande desconstrução do governo Lula é falar bem do governo Dilma, eu posso morrer feliz. Alguém tem de fazer mais e melhor, se era para fazer a mesma coisa eu disputaria o terceiro mandato”. Lula ironizou, dizendo que vai bater palmas toda vez que falarem bem de Dilma.
A imprensa pretende a discórdia entre Dilma e Lula, ou seja, Dilma “contra” Lula. Entretanto, até agora, em vão! Mas não vão desistir.
JASSON DE OLIVEIRA ANDRADE é jornalista em Mogi Guaçu
Fevereiro de 2011

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: