ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

novembro 3, 2006

A nova enquete.

Filed under: WordPress — Humberto @ 2:28 pm

É isso mesmo !!!
A espera foi angustiante ??
Para a equipe do blog também !!!
Sua opinião, a respeito dos fatos mais importantes que ocorrem na República, é muito importante, para ser proferida apenas no táxi ou na banca de jornal.
( Claro, existem aqueles que, aproveitando sua posição privilegiada – a de “consumidor” – incluem o aluguel do ouvido do pobre cidadão trabalhador no pacote… )
Portanto, do alto de sua sabedoria, diga:

“De onde veio o dinheiro ?”

Para me entender melhor

Filed under: WordPress — Humberto @ 1:55 am

Três frases que norteiam minha existência:

“Todo mundo quer ir pro céu, mas ninguém quer morrer.”

“Uma história tem sempre três versões: a minha, a sua e a verdadeira.”

“Se ninguém acredita no seu amigo imaginário, você é esquizofrênico; se todo mundo acredita, você é o Papa.” (essa eu peguei do Fábio Storino).

Desculpem a falta de créditos aos autores.

Batendo em bêbado

Filed under: WordPress — Humberto @ 12:53 am

Peguei às 19:30 de hoje um casal, com destino ao Morumbi. O cara, com uma lata de cerveja na mão (não era a primeira, pelo seu estado), saiu do prédio discutindo em altos brados com o porteiro corinthiano. Entrou no carro dizendo:

– Petista e corintiano, veja você, tá fodido mesmo… Você é o quê?
– Sou sãopaulino, senhor (taxista só mostra suas preferências quando são iguais às do passageiro)!
A moça falou: “Pegamos o táxi certo!”. Ledo engano…
Um comentário meu sobre o jogo foi pedido pelo otimista passageiro:

– Hoje vai de seis a zero!
– Olha, vai ser difícil. O SPFC sem Josué e Mineiro é outro time, os caras são a base.

O cara não entende nada de futebol, é um festeiro, daqueles que, quando vai ao estádio, se o time está perdendo, sai no meio do jogo. Nada contra, mas então não discuta, porque eu sei do que estou falando. Sou um amante do futebol e do SPFC. Tanto que, enquanto escrevo este post, está 1×0 pra Ponte Preta. Pode até virar, mas vai ser na força bruta.

Voltemos à corrida. Após comentários exdrúxulos sobre, por exemplo, privatização da polícia (assim acaba a corrupção -cuma?-) e outros piores, que não citarei para não inflar o post, o liberal passageiro começou a discorrer sobre as privatizações de FHC, como sendo a salvação da lavoura. Comentários do tipo “agora a telefonia não funciona? Todo mundo pode ter um telefone!”, começaram a me deixar um tanto irritado, pois pareciam aquele mantra recitado pela “Veja”. Achei uma saída estratégica:

– Senhor, mas a Telefónica da Espanha é estatal! Por que funciona lá como estatal??
– Não, é privada!
– É privada AQUI, mas lá é estatal. Assim como a Petrobrás, é uma multinacional estatal.

A loira consorte (que não parecia burra), disse: “É sim, amor, lá na Espanha é estatal…”. Deve ter tomado uma cotovelada, mas eu não vi.

Quando entrei na Jorge João Saad congestionada, pensei: “é melhor eu parar, pois esse cara vai descer aqui e me deixar no trânsito”. Não deu outra:

– O papo está bom, mas eu vou descer aqui e continuar a pé, o estádio está pertinho. Valeu, apesar de você ser petista e comunista. Tô brincando, he he!

A loira:
– Não importa quem ganhou, o que vale é administrar bem o país, né?

O taxista:
– Queisso, meu! eu não votei no Lula, nem no Alckmin. Só espero que esse país melhore. Tricolor campeão!!!

Termina o jogo. São Paulo 1 x 1 Ponte Preta, com o SPFC beneficiado por um pênalti duvidoso. O cara deve estar falando para a loira, na saída do estádio:

– Aquele porra de taxista secador e comunista fodeu nossa alegria.

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.