ENCALHE ( Descontinuado em 05.10.2013 )

agosto 16, 2012

Canadá suspendeu ajuda médica à oposição síria por sua suposta ligação com al-Qaeda

Filed under: WordPress — Tags:, , , — Humberto @ 6:27 pm

O Governo canadiano cancelou na quarta-feira a entrega de dois milhões de dólares de ajuda médica destinados à oposição síria, depois de o grupo que iria receber o apoio ter sido acusado de ligações a um associado da al-Qaeda.
Na semana passada, o ministro dos Negócios Estrangeiros do Canadá, John Baird, anunciou que o seu Governo iria doar dois milhões de dólares (cerca de 1,6 milhões de euros) em ajuda médica ao grupo “Canadian Relief for Syria” (CRS), apesar de este não ser reconhecido no Canadá como uma organização humanitária.
A ajuda era destinada, segundo o executivo canadiano, aos civis afetados pelo conflito na Síria e consistia no envio de equipamento para os profissionais da saúde naquele país.
Meios de comunicação canadianos denunciaram pouco depois deste anúncio que o CRS estaria ligado à “Human Concern International” (HCI), criada em 1980 para ajudar os refugiados afegãos no Paquistão.
O HCI foi no passado liderada por Ahmed Said Khadr, um canadiano de origem paquistanesa que morreu em 2003 no Paquistão num ataque das forças de segurança locais contra os talibãs.
Khadr foi alegadamente o responsável financeiro da al-Qaeda e colaborador de Bin Laden e um dos filhos daquele canadiano, Omar, está detido na prisão de Guantánamo depois de ter sido condenado pela morte no Afeganistão de um militar norte-americano.
O primeiro-ministro canadiano, Stephen Harper, defendeu, porém, na segunda-feira a entrega da ajuda ao CRS, salientando que este grupo “tinha as condições apropriadas para a entrega da ajuda no terreno” e que o Canadá verifica todas as organizações a quem concede dinheiro.
Grupos envolvidos na ajuda internacional também criticaram o envio de ajuda canadiana aos rebeldes sírios em vez do envio de “ajuda neutra” aos civis sírios.
Perante as críticas, Baird anunciou o cancelamento da entrega dos dois milhões de dólares ao CRS.
“Queríamos garantir que a ajuda chegaria às vítimas do regime de Assad da melhor forma possível e que não seria utilizada para outros fins como armazéns ou infraestruturas”, disse Baird na quarta-feira em conferência de imprensa.
O ministro garantiu que o Canadá encontrará alternativas para a entrega da ajuda e que nunca teve a intenção de financiar a atividade militar dos rebeldes. ( JN )

About these ads

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O tema Silver is the New Black. Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.503 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: